Você já parou para pensar sobre o porquê adoecemos quando temos uma decepção? O grande exemplo disso são os casos de depressão, que andam cada vez mais comuns. No livro A Arte de Não Adoecer, Dráuzio Varela é bem enfático quando diz que “Se não quiser adoecer, fale dos seus sentimentos, procure não se deixar abater pela tristeza”. Fato é que as nossas emoções e sentimentos, bons ou maus, quando muito escondidos, podem sim se transformar em doenças físicas. E é exatamente sobre esse assunto que vamos conversar neste post.

 

 

Existem diversas comprovações científicas e a Medicina Oriental também defende essa ideia de que nossas tensões emocionais influenciam o funcionamento dos nossos órgãos e o caminho inverso também é válido. Quando você sente uma raiva muito forte, por exemplo, o seu cérebro emite a informação para o resto do corpo e esse responde negativamente, claro.

 

A medicina Chinesa explica

 

Para a medicina chinesa, esses desequilíbrios emocionais são chamados de Zang/fu. Isso explica que seu cada uma das suas emoções está diretamente ligada à um órgão do corpo. Por exemplo, a sensação de medo está diretamente relacionada com a energia do seu rim; a alegria causa reações no coração; a raiva está ligada ao fígado e ao estômago; a preocupação atua diretamente no baço e nos pâncreas e muitos outros sentimentos e emoções fazem responder o pulmão.

 

Com isso, eles concluíram que todos os órgãos do nosso corpo possuem uma natureza positiva. Se passamos por tensões positivas, as informações emitidas geram mais energia positiva para nossos órgãos, mantendo-os mais saudáveis. O mesmo acontece quando você emite uma emoção negativa. Quanto mais emoções negativas tem em seus dias, mais os seus órgãos reagem negativamente também e, a partir daí, surgem as doenças “inexplicáveis”.

 

Como evitar tais problemas?

 

Não há garantia. Muita gente encara medos ou manias de negatividade com a desculpa de ser o seu “jeito de ser”. Ninguém nasce negativo, nós nos tornamos assim a medida que a vida passar e o motivo é bem pessoal. Tudo depende das suas experiências, do seu psicológico e, principalmente, da sua espiritualidade.

 

Existem pessoas que entendem a negatividade e procuram eliminá-las de suas vidas. Nós não estamos livres dos maus sentimentos e eu já expliquei esse fato quando escrevi sobre a Importância do Autoconhecimento para Alcançar a Prosperidade. O que precisamos é aprender não cultivar esse tipo de sentimento de forma mais constante e forte.

 

Sentir-se triste é permitido, mas você precisa saber a hora de mudar. Tratar a negatividade com desapego e não o inverso, como acontece com a maioria. Os sentimentos ruins são faceiros. Eles agem em nossas vidas ganhando uma proporção inimaginável em pouco tempo, enquanto os bons, precisam ser cultivados com muita atenção e carinho. Mude isso!

 

De uma forma geral, evita-se as doenças, como consequência dos maus sentimentos, mudando o estilo de vida. Há algumas pequenas atitudes que mudam isso, que eu também já comentei quando falei de:

 

- 5 maneiras de transformar a energia negativa em energia positiva;

 

- Os Hormônios da Felicidade e a importância deles no seu dia a dia;

 

- Aprenda a crescer espiritualmente como Poder da Vontade;

 

- 3 Técnicas para limpar a energia negativa da sua Aura;

 

Você ainda pode potencializar essa mudança de atmosfera com sinos, com a Radiônica, com as Mandalas e muito mais.

 

Não existe segredo e nem mágica. Tudo depende da sua vontade de mudar e melhorar! Então que tal começar hoje?

 

 

 

Gostou? Aproveite e veja alguns produtos indicados para a sua energização em nossa Loja Virtual

Pesquisar